15 tipos de chás que espantam os males

15 tipos de chás que espantam os males

O chá verde, por exemplo, não é fermentado e, por isso, é o que tem as propriedades mais conservadas do que outros, como o chá branco e o preto. Ela acrescenta ainda que há uma diferença  de chá e infusão – bebidas de ervas e frutas que as pessoas costumam chamar de chás são, na verdade, infusões, porque não têm a folha de Camellia Sinensis.  um estudo feito com 500 mil europeus e publicado no American Journal of Clinical Nutrition (2010) mostrou que as pessoa que consomem chá ou café têm menos chances de desenvolver câncer no cérebro. Outra pesquisa realizada pela Universidade de Utrecht Holanda (2010) analisou 40 mil pessoas e apontou que tomar xícaras de chás ou café previne o coração contra problemas cardíacos.

Além de afetar o sistema nervoso, os chás podem ter diversos outros efeitos,  conheça alguns:
Camomila

É uma das mais conhecidas, mas também não é para menos. A camomila alivia dores de cabeça e tem efeitos calmantes. Já foi comprovado em estudo feito pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) que a camomila é um dos aliados naturais contra a TPM e  também ajuda a aliviar olheiras  .

Alecrim

Dentre os benefícios, o alecrim tem propriedade que combatem a anemia, gripe ou dores por contusões.  Outro exemplo é o efeito anticáries que o alecrim do campo apresentou em estudos realizados na Faculdade de Ciências Farmacêuticas da Universidade de São Paulo (USP), em Ribeirão P reto. Segundo o estudo realizado na mesma faculdade, mas pela nutricionista Ana Mara de Oliveira e Silva, o alecrim tem propriedades antioxidantes, quando usado em poucas quantidades.

Chá preto

O chá preto, ou chá vermelho (nome comum na China), é um tipo de bebida corriqueira do  mundo ocidental. A bebida e é feita a partir da erva Camellia Sinensis, originária do chá verde. A diferença entre o chá verde e o chá preto é que o segundo passa por um processo de torrefação e assim, ganha um sabor diferente. O chá é ideal como anti-inflamatório, ajuda em processos intestinais e tem propriedades adstringentes.

Chá verde

Existem muitas teorias sobre o chá verde (pode acreditar, são muitas mesmo!). Conhecido também como banchá, ou green tea, a bebida ganhou forças pelas propriedades terapêuticas, antioxidantes – capazes de retardar o aparecimento de rugas -, aumenta as defesas da pele contra os raios UVB (responsáveis pela vermelhidão da pele e queimaduras) e previne inflamações. Fora isso, estudo realizado no Reino Unido (2011) mostrou que a bebida protege o cérebro de Alzheimer e o corpo do câncer.

Erva-cidreira

O chá é feito a partir da planta Melissa Officinalis e é utilizada como remédio caseiro para
mais de 20 males. Dentre eles, o chá é indicado para amenizar a ansiedade, cólica, febre, flatulências, gripe, insônia e até náuseas. Como tem propriedades calmantes, a erva é indicada para acalmar os ânimos também.

Erva-mate

A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) comprovou por meio de estudos que aerva-mate combate o colesterol ruim em até 12%. Outro estudo realizado nos Estados Unidos (2007) aponta que a erva utilizada para fazer o chimarrão no Sul do Brasil, ou o tererê (versão fria do chimarrão) no Sul da Argentina é capaz inibir o envelhecimento precoce.

Boldo

Derivado da planta originária do Chile, o chá de boldo é conhecido por melhorar problemas de estômago, como cólicas, gases, azia, efeitos da bebida alcoólica e gastrite, além de estimular o processo digestivo. O indicado é consumir uma xícara de chá pela noite, mas com moderação, porque o excesso do consumo pode levar às irritações no estômago.

Hortelã

Essa folhinha de aroma revigorante serve como antiparasita e antifúngica, ou seja, ajuda a matar bactérias ruins, principalmente do intestino, e auxilia pessoas que estão com complicações de gases. A nutricionista Bruna Murta acrescenta que ela é ótima para melhorar a digestão, combatendo azias.

Chá de canela

A canela pode ser uma ótima aliada no controle de diabetes. A nutricionista Bruna Murta explica que ela ajuda na redução da glicemia, regulando o açúcar no sangue. Além disso, a nutricionista Flávia Cyfer lembra que ela ajuda a diminuir a vontade de comer doces e melhora a circulação. 

Um estudo, realizado pelo Kansas State University, nos Estados Unidos, constatou que consumir meia colher de sopa por dia de canela ajuda a regular o colesterol. Os pesquisadores acreditam que tal redução é resultado da ação dos antioxidantes, que ajudariam a eliminar parte da gordura ruim que ingerimos com maior rapidez.

Chá de hibisco

Segundo a nutricionista Flávia Cyfer, o hibisco ajuda no controle do colesterol e é muito diurético, capaz de fazer uma varredura de toxinas no organismo. “Ele ajuda a eliminar gordura e pode ser uma boa opção para hipertensos, porque tem menos cafeína que o chá verde, mas benefícios semelhantes”, conta a profissional.

A nutricionista Bruna Murta explica que o fator que torna o chá de hibisco aliado do combate ao excesso de peso é a ação anti-inflamatória. “A bebida ajuda a diminuir a inflamação da obesidade, que é considerada um estado inflamatório do corpo”, afirma.

Chá de gengibre

“O gengibre é um dos melhores anti-inflamatório que temos na natureza”, diz a nutricionista Flávia Cyfer. Ele também atua no sistema digestivo contra cólicas e gases e ajuda no combate à celulite, tão indesejada pelas mulheres. A nutricionista ainda indica esse chá para combater enjoos e náuseas, principalmente em gestantes, que não podem usar muitos remédios durante a fase da gestação.

Chá de limão

Além de a fruta ser rica em vitamina C, a nutricionista Flávia Cyfer conta que ela tem ação alcalinizante, ou seja, ajuda a deixar o pH do sangue dentro do nível alcalino, que é como ele deve ficar. “Com esse nível estabilizado, não há perda desnecessária de nutrientes e todos os sistemas do corpo atuam da forma correta, garantindo saúde plena”, diz a profissional. 

O conselho de Flávia é fazer o chá junto com a casca, porque ela tem uma ação muito forte de desintoxicação do organismo.

Maracujá

O maracujá já é famoso por ajudar a acalmar os nervos. As nutricionistas indicam esse chá para combater ansiedade, estresse, insônia, irritação e agitação.

Maçã

A fruta também tem ação calmante, além de ótima para ajudar na digestão. A nutricionista Flávia Cyfer também indica que ela é diurética, com efeito laxante.

Chá de alfazema

Mais um chá que ajuda a aliviar cólicas. De propriedade calmante e bactericida, a alfazema também é muito usada para amenizar dores de cabeça.

Envie seu comentário